Trabalhar no verão, descansar no inverno

sítio_formigas

Você conhece a fábula da cigarra e da formiga? Durante uma tarde de verão muito quente, a cigarra cantarolava e tocava seu violão quando avistou uma formiguinha focada em seu trabalho diário. Ela convidou a formiga para cantar; a formiga disse que não podia, pois precisava guardar mantimentos para o inverno. Quando os dias frios chegaram, a cigarra não tinha mais disposição para cantar pois estava desabrigada. Então, foi pedir ajuda à formiga que disse: “Você deveria ter escutado meu conselho”.

Essa fábula retrata bem as formigas: elas trabalham muito e são bem organizadas. Os formigueiros são estruturas muito complexas: podem existir túneis de até 12 metros de profundidade e, em um único formigueiro, podem viver até 100.000 formigas. Por isso, elas se dividem em diferentes funções: obreira, soldada, operária e rainha. Cada uma tem sua obrigação dentro do sistema que funciona no formigueiro. A reprodução fica a cargo da rainha, que é maior e vive sempre dentro do formigueiro. Após acasalarem com rainha, os machos morrem porque já cumpriram a sua função dentro do sistema. As operárias são todas fêmeas e têm, entre suas funções, cuidar da rainha. A rainha pode viver até 14 anos, enquanto as operárias vivem em média 7 anos.

As formigas estão em todos os lugares do planeta, exceto nas zonas polares. A maior formiga do mundo é africana e mede 5cm. Aqui no Brasil, estima-se que existam 2000 espécies de formigas. Outra curiosidade é que, em virtude do seu tamanho e estrutura corporal, a formiga pode cair de qualquer altura sem se machucar e, ainda, consegue carregar 1000 vezes o peso do seu próprio corpo. As formigas se comunicam através de substâncias químicas: os feromônios. Quando encontram um alimento, elas deixam um rastro dessa substância até o formigueiro para que, assim, as outras formigas possam encontrar o caminho. Por este mesmo motivo, elas conseguem andar organizadas em filas e, quando se encontram, tocam as antenas como meio de comunicação.

O que você quer saber sobre o Sítio do Mato? Deixe um comentário com a sua sugestão!

por Inverno Studio

Deixe uma resposta