Dia dos Pais em todas as espécies

8739758000_cf0e3b495a_z

No reino animal, alguns pais são conhecidos por trataram seus filhotinhos com muito zelo e amor. Um dos pais mais participativos é o sagui. Ele ajuda no parto dos filhotes, mordendo o cordão umbilical. Após o nascimento, a mãe se distancia da família para descansar e o pai assume toda a responsabilidade, carregando os filhos nas costas.

Outro pai bem cuidadoso é o cavalo marinho. Para começar, diferente da maioria das espécies, os cavalos marinhos machos é que geram os filhos: as fêmeas depositam os ovos em uma bolsa do macho, que os fertiliza e incuba por cerca de 45 dias. Eles dão a luz a centenas de filhotes de uma vez só!

O pai ema merece ser lembrado nessa data especial. É o macho da espécie quem incuba os ovos da fêmea e os choca. A responsabilidade de construir o ninho e de cuidar dos filhotes até que eles possam sair sozinhos é do pai e isso não é pouco trabalho: nascem até 40 filhotes de uma vez só. Além disso, a ema é um animal polígamo, que tem várias famílias ao mesmo tempo. Mas, mesmo assim, é um pai muito presente e cuidadoso.

Ao contrário da ema, o pinguim é um animal monogâmico: tem uma família só a vida inteira. Ele é também um ótimo pai, já que, depois que a fêmea coloca os ovos ela retorna para o mar para se alimentar, podendo ficar até dois meses longe; enquanto isso, o macho é responsável por chocar os ovos para mantê-los bem aquecidos durante as baixas temperaturas do inverno.

Os leões também são bons pais. Apesar de dormirem quase 18 horas por dia, quando estão acordados estão de olho em seus filhotes. Isso porque sua visão é quatro vezes mais apurada que de um humano e sua audição também. Por isso, ele sempre está atento aos perigos que circundam seus filhos e os defendem com todas as forças. O peixe-lapa é um pai super-responsável: ele protege os ovos até que eles nasçam. Essa tarefa pode parecer simples, mas a fêmea coloca de 80 a 100 mil ovos que devem ser protegidos de todos os predadores. Para isso, muitas vezes o pai deixa de comer pois não pode se afastar do ninho.

O que você quer saber sobre o Sítio do Mato? Deixe um comentário com a sua sugestão!

por Inverno Studio

Deixe uma resposta